Deixe um comentário

QUARTA-FEIRA – 21.11 – TEORIA E PRÁTICA DA COMUNICAÇÃO LATINO-AMERICANA

14h – Abertura – RAP: Bonde da Cultura e Repper Fiell

No 18º Curso Anual de Comunicação do NPC os participantes poderão trocar experiências, aprender e debater sobre diversos temas, tudo isso acompanhado de bastante arte e cultura. A abertura do curso, na quarta-feira, 21.11, às 14 horas, ficará a cargo do Repper Fiell e do Bonde da Cultura, grupo cultural que une música, poesia e muita discussão política para refletir sobre a realidade do morro Jorge Turco, na Zona Norte do Rio [foto]. Para saber mais sobre Fiell e sobre o Bonde da Cultura, veja a postagem sobre palestrantes neste blog.

15h – CONFERÊNCIA – Mídia: teoria e prática na América Latina

Este será o tema da conferência de abertura do 18º Curso Anual do NPC, que será proferida pelos professores Dênis de Moraes, do Departamento de Estudos Culturais da UFF, e Venício Lima, aposentado da UnB e colaborador do Observatório da Imprensa. Ambos já participaram de diversas edições dos cursos do NPC e promoverão o debate sobre a mídia e a disputa de hegemonia no continente latino-americano. A mesa acontece no dia 21.11, às 15 horas. Conheça melhor os palestrantes:

DÊNIS DE MORAES é doutor em Comunicação e Cultura pela UFRJ, pós-doutor pelo Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO), e professor do Departamento de Estudos Culturais e Mídia da Universidade Federal Fluminense. Autor e organizador de diversos livros, entre eles Sociedade Por uma outra comunicação: mídia, mundialização cultural e poder (Record, 2003), A Batalha da Mídia na América Latina (Pão e Rosas, 2009) e Vozes Abertas da América Latina (Mauad, 2012).

VENÍCIO LIMA é cientista político, pesquisador visitante no Departamento de Ciência Política da UFMG (2012/2013), professor de Ciência Política e Comunicação da UnB (aposentando) e colunista da Agência Carta Maior. É autor de Liberdade de Expressão X Liberdade de Imprensa (Publisher, 2010), Mídia: Teoria e Política (Perseu Abramo, 2001) e Política de Comunicações: um Balanço dos Governos Lula (2003-2010) (Publisher, 2012), entre outros livros.

18h – DEBATE – Mídia e criminalização da pobreza

Para falar sobre a criminalização da pobreza na mídia, foram convidados o professor José Claudio Alves, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), e a socióloga Vera Malaguti, secretária geral do Instituto Carioca de Criminologia (ICC). O primeiro é autor de um livro fundamental sobre o assunto, intitulado Dos barões ao extermínio: uma história da violência na Baixada Fluminense. Na mesma mesa estará presente a lutadora Débora Maria da Silva, do movimento Mães de Maio de São Paulo. Desde que perdeu seu filho em 2006, assassinado por policiais, ela não deixou de lutar por justiça e de apoiar outras mães de vítimas da violência. O debate acontece no dia 21.11, às 18 horas. Saiba mais sobre os participantes.

DÉBORA SILVA é coordenadora do movimento Mães de Maio e membro da Rede Nacional de Familiares. Ela teve o filho Edson Rogério, assassinado por policiais no dia 15 de maio de 2006 e se tornou militante em defesa dos direitos humanos. No movimento Mães de Maio luta pelo fim das mortes causadas pelo Estado e combate a impunidade.

JOSÉ CLAUDIO ALVES é doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo e professor associado da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de sociologia, com ênfase em violência urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: Baixada Fluminense, criminalidade, sociologia da religião, igreja católica – pastorais sociais e cebs, segregação sócio-espacial, grupos de extermínio e milícias.

VERA MALAGUTI BATISTA é secretária-geral do Instituto Carioca de Criminologia e diretora da Revista Discursos Sediciosos – Crime, Direito e Sociedade. É também pesquisadora do Grupo Epos – Genealogia, Subjetivações e Violências (IMS/UERJ), Professora-Visitante do Programa de Pós-Graduação em Direito da UERJ e Professora Convidada do Curso de Pós-Graduação em Criminologia e Direito Penal do Instituto Superior do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: